Pandora's Dawn

O cerco à Traery

Logo após completarem a sua árdua tarefa em Aldgynn, os Batedores de Pandora puseram-se a conversar sobre como fariam para voltar. Foi decidido que Kyle e Ren-Var voltariam pela floresta. Já Daryl, Ian, Shaco, e Vrylore voltariam por meios incomuns. O ancião e o elfo da floresta partiram, deixando os outros ocupados com seu plano de retorno.

Vrylore instruiu à todos que se posicionassem em cima das caixas empilhadas e fez um pequeno gesto que magicamente moveu toda a terra sob as caixas e os outros aventureiros. Dando continuidade às suas ações conjurou outra magia, alçando vôo, manipulou o trecho de terra movido, e tratou de seguir em alta velocidade para Traery.

Dentro de dois dias, e algumas pausas, a maior parte do grupo chegou à Traery, no entanto, quando menos esperavam, avistaram um situação atípica. O lado leste da cidade havia se tornado em um campo devastado, uma terra enlameada, sem vida, por uma enorme quantidade de orcs. Assustados com a visão, deram meia volta e optaram por aterrissar no lado oposto da cidade. Logo que atingiram o portão Oeste foram interpelados pela guarda, essa que estava fortemente armada e vigilante. Daryl e Vrylore se desdobraram para se comunicar com os guardas até que apresentaram evidêncvias de que eram conhecidos de Galthyr. O chefe do destacamento mandou um sentinela no encalço do Emissário. Alguns minutos depois e o grupo de aventureiros foi autorizado a entrar na cidade.

Galthyr recebeu os estrangeiros na mesma taverna de outrora e deixou-os ciente da situação. Discutiram brevemente qual seria o plano de ação, tentaram contato com Kyle e Ren-Var, porém em vão e puseram-se a descansar.

Orc-War-Camp-Heirs-of-Numenor.png

Comments

gustabass

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.